Muitas palavras desconhecidas ou esquecidas, como gerir isso?

Um dos problemas que me angustiavam e continuam a angustiar quando leio um texto em francês é como gerir e memorizar uma enorme quantidade de palavras desconhecidas. Para a interpretação de textos, é certo que podemos (e devemos, aliás) usar o contexto pra entender e absorver os significados das palavras, mas ainda sim, há muita coisa que acaba passando, muita coisa interessante e não só compreender, eu quero lembrar! Au secours!!!!

Sempre tenho a mão uma cadernetinha pra anotar as palavras e frases que me interessam. Isso é interessante, pois eu nunca deixo de anotar algo que chamou minha atenção, mas daí eu tinha o problema de como organizar isso… Minha primeira tentativa… foi criar um arquivo de texto, no qual eu separava e organizava as palavras tematicamente para um dia (quem sabe…) eu olhar, rever e consultar. Bom, como consulta até serve, mas na prática, eu acabava esquecendo de olhar, consultar e até digitar a enorme quantidade de coisas que se pode colocar nesses bloquinhos.

Por que mostrar o que eu já sei?

Então descobri um programa gratuito, seguro (já explico por que) e inteligente pra auxiliar a memória e a fazer com que nenhuma palavrinha seja esquecida. Mnemosyne, é um programa de flash cards (cartões como os de visita, mas para arquivo) que permite, além de colocar texto, colocar imagens e até música. Mas o mais interessante é: após mostrar a resposta de um cartão, o programa pede que você classifique o quanto você memorizou.

0 ou 1: ainda não memorizou, 2 ou 3: começa a lembrar, mas com dificuldades… até 5, quando você lembra facilmente a resposta. Isso faz o Mnemosyne automaticamente mostrar mais ou menos o cartão classificado. Ou seja, você revê o que já sabe, mas se concentra naquilo que escapa à memória. Veja abaixo uma das imagens do site, para ver várias imagens com as diferentes utilizações do programa, clique aqui.

Mnemosyne com imagens

O site mostra o programa em inglês, mas é possível modificar a língua.

Segurança (Windows, Linux e Mac OS X)

Para aqueles que estão familiarizados minimamente com o linux, basta dizer que esse programa está na lista da central de programas do ubuntu. Mas se você não sabe do que estou falando… esse programa tem uma “aprovação” dos próprios usuários programadores, que podem avaliar tudo o que o programa faz. Então, usuários de Windows, Linux ou Mac OS X, pode ir sem medo. Só não esqueçam de abrir de vez em quando o programa… : )

Anúncios

A quem perguntar? Redes sociais e idiomas

Já parou pra pensar na quantidade de contas que você tem? Vejamos… twitter, orkut, facebook, flickr, wordpress… cansa contar…  Você já percebeu que em cada uma delas e’ possível encontrar formas de aprender um idioma, seja ao encontrar pessoas que partilham os mesmos estudos e interesses, nativos ou quem sabe apenas por checar como os falantes da língua estão se expressando (principalmente informalmente, que basicamente o tipo de linguagem usada). Mas e que tal se aventurar em redes sociais especializadas no aprendizado de língua estrangeira?

O post de hoje e’ curtíssimo, pois vai deixar apenas o texto abaixo apresentar pra vocês algumas redes sociais especializadas em idiomas. Já pensou em perguntar suas duvidas a um nativo do idioma que você esta estudando? Ou quem sabe se tornar o mentor de alguém que deseja aprender português? Vocês vão ver que cada uma das quatro opções tem suas especialidades. Confesso não estar familiarizada com as ferramentas, então que tal vocês deixarem nos comentários suas apreciações dos pontos positivos e negativos das redes que vocês usaram? De qualquer forma eu indico prestar atenção no, e usar o Word Reference Forum para tirar suas duvidas sobre o emprego de palavras e expressões. Veja o dicionário e de uma olhada no fórum, que funciona… muitas vezes em inglês…

O texto abaixo foi retirado da edicao de numero 77 da revista Dicas Info, das paginas 17 e 18, publicada pela editora Abril.