Jornal com legendas em francês

Para quem tem assinatura do canal TV5 MONDE em casa, isto pode não ser uma novidade… estou falando de 7 JOURS SUR LA PLANÈTE, um jornal com legendas em francês… dá uma olhadinha…

.

.

Bom, né? O canal do youtube em que está esse vídeo traz bastante material desse jornal. Vale a pena se inscrever no canal para receber as notificações de novos vídeos, pois a versão integral do jornal, disponível no próprio site da tv não tem  legendas: veja um  vídeo no site. Os vídeos no youtube não estão necessariamente atualizados, nem são integrais, mas vale a pena acompanhar. Na edição televisionada, além das entrevistas há também os vídeos com reportagens.

Se você é assinante da TV5, você pode assistir a 7 JOURS nas manhas de sábado [09:10] e  segunda [05:39]. Veja a grade de programação no site de TV5 para manter-se atualizado quanto aos horários de exibição.

Atividades de compreensão oral on-line para por em prática! Veja nesta página, em “Apprendre le français avec 7 Jours”,  3 extratos curtinhos de reportagens apresentadas no programa com exercícios on-line divididos por nível de conhecimento em francês, de A2 a B2 (segundo o CECR europeu: nível iniciante= A1, maior nível= C2).

Link quebrado? Deixe uma mensagem.

Anúncios

Leitura Temática: La mer

Há muitos séculos o mar representa lugar de mistério e drama, inspiração de poetas… esse é um tema que não poderia ser esquecido. É um assunto que já fez correr muita tinta, por isso esta é uma seleção difícil de ser realizada. Imaginem, o volume de coisas sobre esse tema é simplesmente infinito! Aproveitamos, então, algumas seleções já feitas por outros sites e trazemos a nossa contribuição com algumas músicas comentadas. Selecione aquilo que for interessante para você  e aventure-se a procurar suas próprias fontes.

Para entrar no clima: sugerimos um passeio por mais uma Exposição virtual “La mer: terreur et fascination”, realizada pela Biblioteca Nacional Francesa, com curiosidades, informações e imagens maravilhosas sobre a relação entre o homem e o mar desde a Idade Média. Acompanhe o passeio ouvindo uma das músicas de Débussy, um compositor francês de músicas clássicas que realmente consegue nos fazer ver o mar apenas com suas notas musicais. La Mer – Claude Débussy (3o movimento Dialogue du vent et de la mer)

.

Músicas comentadas Uma boa forma de se familiarizar com o vocabulário específico sobre o mar, que você vai encontrar em várias leituras, é com música! E aqui, logo abaixo, estão algumas delas, acompanhadas das letras comentadas. Para descobrir outras músicas sobre o mesmo tema veja um site com 93 amostras de canções de diversos estilos e diversas épocas (de Jacques Brel a Les Négresses Vertes) para ouvir on-line, aqui.

.

.

Para a leitura…

  • Se você procura textos literários em torno do tema…  no mesmo site da exposição da BNF há uma antologia que reúne prosa e poesia. Vamos limitar nossas indicações de textos literários a isso, pois a partir dessas sugestões vocês podem encontrar os textos integrais no site da Gallica (Biblioteca Nacional On-line) ou no Wikisource.
  • E se você desejar ler uma revista ou se gosta de revistas especializadas em barcos… veja aqui uma edição de descoberta da revista Chasse-marée.

Para escrever…

Sugerimos ainda do site da exposição da Biblioteca Nacional uma ideia interessantíssima: a partir de alguns esquemas sugeridos você pode criar uma história se inspirando nas imagens! Para escolher, por exemplo, entre tipos de personagens, tipos de desafios a ser enfrentados no mar, descobrir um mundo desconhecido… Veja “Écrire la mer“. Para os professores uma olhadinha no Dossier Pédagogique da exposição é incontournable

Contre vents et marées… Bon voyage!

Link quebrado? Deixe um comentário.

Jogo Thélème: finalmente on-line!

É com muitíssimo prazer que apresento àqueles que não conhecem e àqueles que não estavam a par desta ótima notícia: sem precisar instalar, Thélème está on-line!

Um jogo divertido, multiplayer, agora on-line, para aprendizagem de francês. Dê uma olhadinha em um clipe do jogo e veja nossas observações para não quebrar a cabeça com algumas limitações do jogo…

.

Esse vídeo é de uma versão mais antiga do que a on-line.

.

Quem pode jogar? Qualquer pessoa que tenha um francês básico pode jogar. Há a ajuda também do áudio e da palavra que aparece em uma janelinha quando o ponteiro do mouse fica sobre um objeto; isso pode ajudar a inferir sobre o que é necessário fazer.

Uma limitação do jogo. Você verá que, às vezes, você dá uma resposta correta, ou aceitável, e o personagem com quem você conversa sempre repete “Je ne comprends pas.” – Não entendo. Isso acontece porque você tem que escrever a frase da forma mais completa possível, porque você cometeu um erro de ortografia, ou porque falta alguma expressão de politesse (polidez), como Bonjour ou s’il vous plaît. Uma solução é observar como os outros personagens automáticos falam para guiar seu diálogo, e tentativa e erro.  Há também o forum, em que você pode verificar as soluções para problemas e fazer suas perguntas.

No início, um estágio de jogo guiado O jogo tem um início com missões guiadas, mas tem um estágio on-line também com chat… Ainda não experimentei esse estágio, então não posso dizer muita coisa… Então, se alguém já conhece esse estágio e quiser fazer suas observações para guiar a nós, novatos, por favor, usem o espaço de resposta.

.

Agora sou eu que vou continuar meu jogo. kkkk

Dico – Sans doute… não esteja tão certo disso

Das pegadinhas de falsos cognatos esta é sans doute a mais impossível de adivinhar! Para comentar seu significado e ao mesmo tempo explicar como se chegou a esse sentido surpreendente trazemos um episódio da série Merci Professeur do canal TV5MONDE para ser assistido com o auxílio de uma transcrição e tradução (Atenção! Não é uma tradução palavra por palavra).

  • Inicie pelo vídeo antes de dar qualquer olhadinha no texto, em seguida acompanhe o vídeo com a transcrição para identificar o que ele estava falando e, tire suas dúvidas de compreensão com a tradução, se necessário.

Para ver o site oficial da série, clique aqui

.

.

Link quebrado? Deixe um comentário.

Vocabulário animado

clique para ver a animação

Um humor simples, leve e lúdico é o que vemos nessas  “ecrillustrations”. Talvez você ache simples demais, talvez você ache uma bobagem, quase um detalhe perdido entre tantas coisas mais centrais, mais importantes… quem sabe é isso mesmo. Ou talvez essas imagens sejam um convite a um sorriso ligeiro, fácil e à assimilação definitiva de novas palavras, afinal, o prazer destrói qualquer entrave ao aprendizado.

Criação de novas palavras

Uma possibilidade para explorar essa ideia é compor suas próprias palavras. Quando? Se você for professor de francês para crianças você pode explorar a imaginação delas com desenhos a mão. Se você trabalha com crianças maiores ou mesmo adolescentes você pode propor um projeto de animação em equipe em torno de um texto animado ou de um grupo de palavras relacionadas. Um bom exemplo disso (com poucas palavras) é a animação de Ecrillustrations que reune “poule, pondre, poussin“. Isso pode ser feito com a ajuda de programas simples como:

  • PaintBrush do Windows para compor imagens individuais. A internet e o Google imagens são uma mão na roda para encontrar imagens (Atenção aos direitos autorais! Sempre indique ou oriente seus alunos como atribuir os créditos e especificar a origem das imagens).
  • O próprio Powerpoint pode ser usado para quem quer animações rápidas. Não deixe de ver este slide on-line com dicas muuuuito boas para fazer uma apresentação marcante.
  • Pense no moviemaker para fazer vídeos simples. Veja um tutorial em vídeo.
  • Ou tente o Gimp (programa equivalente livre do Photoshop) para criar animações em .gif. Veja um vídeo para começar a trabalhar com esse programa.

Mot du jour

Algo simples de fazer é visitar a página de Écrillustrations na frequência que for mais interessante para seu ritmo de vida e de aprendizado e trabalhar com a(s) palavras que forem apresentadas. Experimente procurar num dicionário francês-francês a palavra em questão para descobrir possíveis usos e sentidos diferentes. Se você é iniciante, dê uma olhada no seu dicionário bilíngue para evitar eventuais  incompreensões. Observe novamente a animação e invente algumas frases como estratégia de fixação. Mots illustrés  Mots animés

Chic – parte 2

Dico, redução popular de dictionnaire, é um lugar onde você encontrará palavras e expressões retiradas basicamente do dicionário francês-francês Le Robert Micro acrescentadas de algumas mídias, exemplos e links que as utilizam, como uma forma de visualizar melhor a aplicação dessas palavras.

  • Concentre-se sempre nas mídias antes de ver as definições, assim você interpreta qual o possível sentido da palavra naquele contexto.
  • Veja a nossa dica sobre o programa Mnemosyne para aproveitar ao máximo esta seção.

Chic – parte 2

Chic, é uma palavra em francês um pouco mais complicada a internalizar, pois tem vários sentidos. Significa elegante, como em português, mas vai além disso… Atenção!  os usos foram colocados hierarquicamente, segundo o dicionário Le Robert.

Uso II [adj invar.]

____________

1. Elegante

Une toilette chic.

Uma roupa chique.

Elle est chic, bien habillée.

Ela é chique, bem vestida.

Les gens chic.

As pessoas chiques.

Les quartiers chic, les beaux quartiers.

Os bairros chiques, os bairros “belos”.

____________

2. Avant le nom (Antes do subst.) Familier : Beau, agréable.

On a fait un chic voyage.

A gente fez uma bela/agradável viagem.

 

____________

3. Personnes; actes (Pessoas ; atos) : Simpático, generoso, prestativo.

C’est un chic type.

É um tipo simpático.

Elle a été chic avec nous.

Ele foi simpática / gentil / amável conosco.

C’est chic de sa part.

É gentil de sua (dele) parte.

Ce n’est pas chic.

Isso não é gentil.

 

____________

 

4. Loc. Bon chic bon genre (BCBG.): de uma elegância discreta e tradicional.

Une jeune fille bon chic bon genre.

Uma jovem bom estilo, bons modos

Do wikipedia (fr)

BCBG abreviação de “bon chic bon genre” ; proveniente da região de Lyon (mas também de linguagem mais popular “beau cul belle gueule”) designa as pessoas de estilo clássico e elegante, de excelente educação (aristocratas e burgueses). A expressão inventada por Thierry Mantoux em 1984 foi popularizada na sua obra Le Guide du BCBG publicada em 1985 nas edições Hermé. Um livro que se tornou um best-seller tendo vendido 500 000 exemplares. Hoje, Le Guide des bécébranchés publicado em maio de 2009 por Archipel e co-redigido por Jean-Baptiste Giraud, Laure de Charette, Flore Ozanne et Inès Lacaille redefine essa categoria que evoluiu um pouco. [Wiki]

____________

Uso III

Interj. fam.

Marca prazer, a satisfação.

Chic alors !

Uau !

____________

Referências

REY, Alain (dir.).  Le Robert Micro. Dictionnaire de la Langue Française. 3e édition . Paris, Dictionnaires Le Robert: 2006.

Optei por não encher o post de aspas e referências, mas encontre os verbetes e as frases de exemplo no dicionário Le Robert Micro. Algumas coisas podem ter sido acrescentadas, daí veja as outras referências listadas.

Leitura em contexto: outubro – Carmen

O assunto da peça foi tirado da novela homônima de Mérimée. O estilo do romancista, exato e frio como uma fotografia, o cinismo de seu pensamento me fizeram sempre olhar o sucesso de suas obras literárias como um sintoma alarmante de desmoralização… [link deste documento]

Carmen, segundo vários textos que pode-se ler na internet é considerada a Ópera francesa, de música feita por Bizet (em 1875) mais encenada. Adaptada da novela homônima de Mérimée, Carmen, ganha uma versão diferente daquela do papel, criando inclusive novos personagens para compor a trama ou para abrir concessões ao público (ou por moral do próprio Bizet?) e ganha também várias versões para o cinema, como pode-se ler nos artigos abaixo. Infelizmente careço de análise histórico-literária da obra…  apenas não esqueça que o que moralmente para nós não parece ser grande coisa, pode ter tido uma recepção diferente para aqueles que assistiram e leram-na no século de sua criação, o século XIX.

 

  • Antes de ler a obra e assistir à Opera, veja esses cartazes e imagens de Carmen, sinta a força do mito da cigana de amores livres.

 

 

  • Veja algumas versões da Ópera de Bizet; você pode também ouvir Carmen com o libretto feito por Ludovic Halévy e Henri Meilhac. Fiz questão de colocar mais de uma versão da opera para que você pudesse ter acesso a interpretações teatrais e musicais diferentes.
  1. A primeira versão que encontrei no youtube e’ uma apresentação de 1991 feita pela Royal Philharmonic Orchestra. Você pode ler um resumo da ficha dos atores nas informações do primeiro vídeo. Clique aqui para acessar o vídeo Georges Bizet Carmen PART 1 of 20 (Prelude + Sur la Place). Para continuar a sequência siga a ordem dos vídeos Georges Bizet Carmen PART 2 of 20… para o usuário spyridon77.
  2. A segunda indicação e’ um filme-opera, dirigido por Francesco Rosi, onde num filme musical a opera de Bizet e’ cantada e representada. Este filme tem a participação de Placido Domingo. Siga a sequência do vídeo observando o usuário barrockstar. Veja aqui o primeiro vídeo Georges Bizet – CARMEN (1-15).
  3. A ultima indicação também conta com a presença de Placido Domingo, dessa vez com a atuação no teatro. Para ver a lista de reprodução com todos os vídeos, clique aqui.

 

  • Veja alguns artigos sobre Carmen

Artigo curtinho e excelente sobre o mito da cigana: Bohémienne

Folha Online: Ópera “Carmen” põe a mítica mulher fatal no centro da ação

Folha Online: Veja as versões mais famosas de “Carmen” no cinema

Folha Online: “Carmen” já ganhou mais de 30 versões para o cinema